000011-o-que-podemos-aprender-com-as-artes-marciais-e-como-aplicar-aos-negocios

Quer Tornar seu Marketing mais Eficiente? Modelo de Atribuição é a Resposta.

Amigos,

A jornada do cliente até a conclusão da compra, pode ser algo relativamente longo até a sua efetivação. Porém, o que as marcas precisam entender é que não basta focar exclusivamente na conversão, os clientes buscam interação e relacionamento, para que por fim, possam demostrar a sua confiança.

O Marketing na Era Digital, possibilitou quantificarmos métricas nunca antes mensuradas. Este artigo, tratará sobre o valor que o modelo de atribuição tem para os anunciantes e profissionais de marketing, sendo este um conceito primordial para darmos o valor que cada etapa no ciclo de compra merece.

Quais canais levaram o cliente até a marca?

Embora na maioria dos casos creditamos todo o mérito a última mídia ou a palavra chave clicada antes da conversão, este modelo de atribuição seria como se comparecemos a um gol do Neymar, onde valorizamos o jogador como sendo o único responsável por toda a jogada, desconsiderando o passe do Hulk ou ainda a roubada de bola no meio de campo do David Luiz.

Concluindo nossa analogia, esta informação é de suma importância para sabermos qual o melhor mix de mídia possível e qual a melhor estratégia de atribuição se adéqua a seus objetivos.

jornada da compra

Afim de auxiliar os anunciantes a obterem um melhor desempenho em suas campanhas de marketing, o Google Analytics disponibiliza cinco modelos de atribuição. Vejamos com detalhe cada um deles:

 Ícone do modelo Última interação Modelo Último Clique

Este modelo é muito útil para campanhas que objetivam atrair pessoas no momento da compra, onde após a primeira visita no site, espera-se que seja resultada em venda. O modelo de último clique atribui 100% de peso a última palavra chave ou mídia anterior a compra.

Ícone do modelo Primeira interação Modelo Primeiro Clique

Já o modelo de primeiro clique, poderá ser utilizado quando esperasse que o usuário tome conhecimento inicial da marca, sendo dado 100% de peso ao primeiro contato.

Ícone do modelo Linear Modelo Linear

Agora, se o interesse é manter o relacionamento durante todo o ciclo de vendas, talvez este modelo seja o mais apropriado. Neste modelo cada ponto de contato recebe o mesmo peso.

Ícone do modelo Redução de tempo Redução de tempo

Neste modelo, o peso maior vai para o último contato antes da venda, tendo um decaimento exponencial a cada contato, a medida que se afasta da conversão. Sugerido para aquele que realizam campanhas promocionais, sendo o ponto de contato de maior peso atribuído aos períodos mais próximos da promoção.

Ícone do modelo Com base na posição Com Base na Posição

Mas se você deseja destacar a mídia que apresentou a sua marca e também aquela última antes da conversão, o modelo com base na posição é o melhor indicado. “Um cenário comum é atribuir 40% de crédito à primeira interação, 40% à última interação e 20% às interações intermediárias”. [Google]

Conclusão

Diferentes canais (como anúncios display, e-mail, anúncios na rede de pesquisa, redes sociais e visitas diretas), influenciam em momentos diferentes no ciclo compra do cliente. Compreender esta trajetória é imprescindível para futuras otimizações e balanceamento de investimento em suas ações de marketing. Caso queira se aprofundar no assunto, segue algumas referências:

 

Referências:

Modelos de Atribuição: http://goo.gl/XQ0rlf

Jornada do Cliente: http://goo.gl/gllWCb

Quando se trata de atribuição, os clientes são importantes: http://goo.gl/92WcWl

 

Deixe uma resposta